Detentos trabalham na limpeza da Rodovia dos Romeiros em Trindade

0

A Redação

Goiânia – Detentos do Sistema Prisional de Goiás estão trabalhando na limpeza da Rodovia dos Romeiros durante a Festa do Divino Pai Eterno, em Trindade. A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) e a Agência Goiana de Infraestrutura e Transporte (Goinfra). O trabalho, que começou no dia 1º de julho, segue até domingo, último dia da romaria.

O trabalho executado pelos sentenciados é remunerado e acompanhado de perto por agentes de segurança pública. O diretor-geral da DGAP, coronel Wellington Urzêda, lembra que aqueles envolvidos na limpeza da rodovia têm direto à remição da pena, direto estabelecido pela Lei de Execução Penal (LEP).
“Esse trabalho tem grande valia tanto para a economia do Estado quanto para a ressocialização dos custodiados. Com a execução dos serviços, eles estão envolvidos com atividades da área de reintegração social e, ao mesmo tempo, estão contribuindo de forma positiva para o bem estar social”, finalizou.
O trabalho executado pelos presos, de acordo com o presidente da Goinfra, Enio Caiado, tem gerado bons resultados. Segundo ele, a parceria tem rendido economia tanto com o gasto de mão de obra, que hoje é ofertada pelos apenados, quanto com o transporte, que este ano é fornecido pela própria Goinfra.
Parceria com a Seduc
O auxílio aos órgãos públicos também tem sido fornecido pela DGAP à Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio de uma parceria firmada entre os órgãos.
Para garantir a efetividade na mudança da mobília da Seduc para nova sede, 16 sentenciados dos regimes aberto e semiaberto, sob supervisão de servidores da DGAP, cuidam da carga e descarga de móveis do antigo para o novo estabelecimento.
A parceria, como pontua o gerente do Colégio Militar, Juverson Augusto de Oliveira, ligado à Superintendência de Segurança Escolar e Colégio Militar da Seduc, contribui para a agilidade na mudança e para a garantia de economia ao Estado. “Nós percebemos que os reeducandos têm uma expertise satisfatória na execução desse trabalho. Com a utilização da mão de obra carcerária, o Estado economiza no valor que seria destinado ao pagamento de uma empresa para conclusão dessa tarefa”, concluiu Oliveira.
Os custodiados envolvidos na parceria DGAP/Seduc também são remunerados e beneficiados com a remição da pena pelo trabalho, conforme estipula a LEP. O serviço realizado pelos presos na Seduc se iniciaram no dia 01/07 e tem previsão de término para o dia 20/07.
https://www.aredacao.com.br/noticias/121239/detentos-trabalham-na-limpeza-da-rodovia-dos-romeiros-em-trindade
Share.

About Author

Comments are closed.