Neste ano, Festa de Trindade tem exposição sobre a história da Romaria de Carros de Boi

0

De acordo com o Iphan, serão expostos painéis e retratos confeccionados durante o estudo do instituto realizou que resultou no registro da Romaria no livro de celebrações da instituição

João Paulo Alexandre
Do Mais Goiás

Romaria de Trindade, que se inicia nesta sexta-feira (28) e vai até o próximo dia 7 de julho, este ano conta com mais uma atração especial: a exposição da Romaria de Carros de Boi. O evento acontece no Cineteatro da Associação dos Filhos do Divino Pai Eterno (Afipe). A exposição terá painéis e fotos que contam, em ordem cronológica, a história do meio de transporte secular e que tornou símbolo da festa religiosa.

De acordo com superintendente do Segundo o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Goiás, Salma Saddi, o objetivo é mostrar pra nova geração a importância dessa tradição para a identidade de Goiás e que contribui com a história e cultura do Brasil. Ela conta que, para se tornar patrimônio nacional imaterial, foram realizados estudos desde 2014 e, em 2016, a festa foi registrada no livro de celebrações do instituto.

“Foi feito um trabalho de pesquisa em campo e vimos de perto todo o preparo desses carreiros. Notamos que há todo um carinho no preparo para a celebração dessa festa. Isso ressalta traços próprios da nossa identidade e é uma expressão muito forte do povo goiano”, destaca.

Durante os estudos, foram colhidos depoimentos de carreiros. Um exemplo, de acordo com a superintendente, é o de um padre de Damolândia, cidade a 75 quilômetros de Trindade. De lá, saem 80 carros de bois e mais de 2 mil pessoas em direção à Romaria.

“Ele destacou algo que me chamou muita atenção: ‘Nós dizemos que em Damolândia são dois calendários, um antes e depois da Romaria. Antigamente era o carro que levava o romeiro, e hoje em dia mudou, são os Romeiros que fazem questão de levar o carro […]’. Isso mostra todo o cuidado dos envolvidos em relação à festa”, conta.

Salma conta que a exposição também traz elementos sobre as outras manifestações culturais já registradas no Iphan: a Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis e o Modo de Fazer Boneca Karajá.

Expectativa

A expectativa é que 3 milhões de pessoas passem por Trindade durante os dez dias de festa. De acordo com a Afipe, os romeiros contarão com o portal da água benta, que está na entrada da cidade. Além disso, um sensor que vai contar automaticamente os fiéis que passarem de Goiânia à Trindade pela Rodovia dos Romeiros.

A programação da festa ainda tem shows do Padre Fábio de Melo, no dia 4 de julho, e de Sérgio Reis, no dia 5 de julho. O tema para 2019 é “Sede santos como Vosso Pai é Santo”. Para ajudar em todo o andamento da festa, cerca de 2 mil pessoas, entre colaboradores e voluntários, trabalham nos dez dias do evento. Também estão previstas celebrações de 139 missas, 45 novenas, 27 orações de terços e 11 procissões. Além disso, serão realizados batizados, confissões, alvoradas e vigílias.

Padre Fábio de Melo fará show em Goiânia (Foto: Divulgação)

Padre Fábio de Melo fará show em Trindade (Foto: Divulgação)

Uma estrutura foi montada na cidade para auxiliar os turistas. Equipes de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), Grupo de Intervenção Rápida Ostensivo (Giro), Batalhão de Choque, Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer) e cavalaria para fazer a segurança dos fiéis durante a festa.

O Corpo de Bombeiros também estará presente. De acordo com a corporação, bases estratégicas serão montadas para servirem de apoio e haverá o aumento das unidades de moto-resgate.

A Polícia Civil (PC) também atua para fazer boletins de ocorrência e com uma base de achados e perdidos no Espaço do Romeiro, em frente ao Santuário. A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) vai criar um ponto de apoio aos romeiros na GO-060 para a distribuição de lanches e serviços de saúde.

Sérgio Reis se apresentará no dia 5 de julho (Foto: Divulgação)

Share.

About Author

Comments are closed.